doutor

Recém nascidos:

Todo bebê, a partir do primeiro mês de vida, deve ser submetido ao “teste do olhinho”. Trata-se do exame do fundo do olho que pode detectar precocemente uma série de alterações oculares.

Crianças e Adolescentes:

-Que apresentem um problema no rendimento escolar,

-Que tenham queixas de dor de cabeça,

-Que apresentem sinais de vermelhidão ou coceira nos olhos.

-Na maioria das vezes as crianças não conseguem perceber sozinha que não estão enxergando direito, assim, pelo menos uma vez por ano os pais devem levar os filhos ao Oftalmologista.

Adultos jovens :

-Que queiram se livrar dos óculos (cirurgia refrativa),

-Com quadro de dor de cabeça de origem desconhecida,

-Lacrimejamento,

-Ardência e olho seco.

 

Adultos –Maturidade – Idosos

-Verificação do glaucoma (doença silenciosa que só pode ser detectada pelo Oftalmologista),

Embaçamento visual (provavelmente por catarata – opacidade da lente natural do olho),

-Exame do fundo do olho: para prevenção e tratamento dos problemas da retina, principalmente a retinopatia diabética e a degeneração senil da mácula.