A fotocoagulação a laser é o tratamento de doenças de retina com raios laser. Este comprovadamente permite controlar as doenças na grande maioria dos casos, evitando que a pessoa evolua para uma perda visual grave.

O laser é indicado para pessoas que apresentam doenças que afetam os vasos sanguíneos do olho, como ocorre nos diabéticos. Pacientes que apresentam degenerações periféricas ou roturas na retina predisponentes ao deslocamento de retina também necessitam desse tratamento. A cirurgia é utilizada para tratamento Retinopatia Diabética e Degeneração Macular Relacionada à Idade.

A fotocoagulação a laser é realizada em uma ou várias sessões, onde a retina sofre várias “micro” queimaduras. Nos casos mais graves, podem ser necessários muitos disparos de laser numa sessão.

Para tratar a formação de vasos sangüíneos anormais (neovascularização) as aplicações são espaçadas ao longo das áreas laterais da retina. As pequenas cicatrizes resultantes da aplicação do laser reduzem a formação de vasos sangüíneos anormais e ajudam a manter a retina sobre o fundo do olho evitando o descolamento da retina.

.