A fisioterapia ocular, assim como as modalidades mais comuns da área, auxilia no fortalecimento da musculatura, nesse caso, dos olhos. O fisioterapeuta ocular, Dr. Hélio Siqueira, destaca que os exercícios específicos podem melhorar problemas neurológicos relacionados a paralisias oculares e até uma simples visão cansada, com exercícios de motilidade ocular, associados a atividades que serão realizadas pelo paciente em consultório e também associado o tratamento Fisioterapeutico com o tratamento médico oftalmológico. Dr. Hélio Siqueira é o único especialista dessa área de atuação na capital piauiense.

“As indicações mais comuns são para estrabismo, ambliopias, paralisias transitórias em nervos óculo-motores e distúrbios visuais, assim como em sequelas neurológicas de encefalites, traumas cranioencefálicos, aneurismas cerebrais, tumor cerebral, diabetes mellitus, paralisias da face e AVC. A fisioterapia ocular também pode ajudar nesses casos mais simples, já que um movimento ocular eficiente demanda menos esforço, que ajuda significativamente o paciente na redução da sensação de cansaço ocular ou visual” ressalta o Dr. Hélio Siqueira.

O especialista ainda pontua que não necessariamente a fisioterapia ocular deve ser para recuperação, ela pode também ser aplicada como forma de prevenção no fortalecimento dos músculos oculares nos casos de insuficiência muscular dos olhos. Além disso, também é importante ficar atento aos problemas visuais que podem ocorrer em cada fase da vida e procurar um oftalmologista para buscar orientação correta sobre a melhor medida preventiva ou o tratamento mais indicado.