desloca retina

 

A retina é uma camada fina que forra a parede interna do olho. A retina pode ser comparado ao filme de uma câmera fotográfica. As imagens que vemos são focalizados pelo cristalino e projetados na retina.

As imagens são transmitidas pelo nervo óptico do olho ao cérebro para a interpretação. Assim, a retina é a parte mais importante do olho.

A retina é composta de duas porções principais: uma área macular central e um retina periférica muito maior.

A retina periférica permite que nós vejamos objetos em movimento (visão periférica) e, fornece consequentemente a visão necessária para que uma pessoa se mova com segurança.

A macula é uma área muito pequena, e central da retina que contem uma concentração elevada de fotoreceptores (cones), que são responsáveis pela visão de detalhes, como p. ex. leitura ou enfiar uma agulha. A macula, é particularmente sensível às mudanças de circulação, especialmente aquelas que ocorrem com envelhecimento, tal como o fluxo diminuído do sangue.

 

Que é um descolamento da retina?

 

Um descolamento da retina é uma separação da retina da sua conexão na parte posterior do olho. A separação resulta geralmente de uma rasgadura na retina. A rasgadura frequentemente ocorre quando o vítreo se separa da sua conexão na retina. O vítreo é um gel translúcido que preenche a maior parte do interior do olho entre a retina e o cristalino.

Se a retina for fraca (ou possuir alguma lesão que a fragilize) quando o vitreo puxa descola, a retina rasga-se. Este rasgo é por vezes seguido por hemorragias, se uma vaso sanguíneo for rasgado também.

Uma vez que a retina se rasgou, o vitreo pode então passar através da rasgadura e acumular-se atrás do retina. O acúmulo do vitreo atrás da retina é o que causa o deslocamento. Quanto mais vítreo passa pela rasgadura maior a extensão do descolamento da retina. Este pode progredir e envolver toda a retina, levando a um descolamento total da retina . Um descolamento da retina afeta quase sempre somente um olho. O segundo olho, deve no entanto ser verificado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: portalsaofrancisco