Um estudo feito por pesquisadores da universidade Johns Hopkins descobriu que a mucosa dos nossos olhos pode servir tanto como porta de entrada quanto como reservatório do novo coronavírus (SARS-CoV-2). Isso significa que o vírus pode entrar e ficar armazenado nos olhos por um tempo.

🔹Os cientistas estudaram uma porta de entrada nas células para o coronavírus chamado de ACE2, e também uma molécula que facilita a entrada do vírus nas nossas células, a TMPRSS2. Ambos foram encontrados nas amostras de mucosa ocular obtidas de cadáveres e de procedimentos cirúrgicos.

🔹Outros estudos já apontaram uma possibilidade permanência do vírus nos olhos, tendo em vista que uma das prováveis manifestações da covid-19, — mesmo não sendo comum —, é a conjuntivite. Não se sabe ainda se são todos os pacientes que podem transmitir o coronavírus pelo olho ou se são somente aqueles que apresentam a conjuntivite.

🔹Também, não se sabe qual o impacto que esse meio de transmissão pode estar tendo na difusão da doença pelo mundo.

🔹Uma medida fundamental é a higienização regular das mãos com álcool 70% ou com água e sabão, evitando a transmissão do vírus para a região ocular caso tenhamos contato com alguma superfície contaminada. Além disso, é fundamental evitar tocar na região.